Nos dias 7 e 8 de março, decorreu na nossa escola uma atividade de teatro dinamizada por um grupo de atores  da companhia "Teatro do Elétrico", que envolveu turmas de 9º, 10º e 12º anos. A atividade consistiu em workshops de teatro, dramaturgia e cidadania, sob a orientação do encenador Ricardo Neves.- Neves. Este projeto foi desenvolvido em parceria com a ESLA ( professora reponsável,  Lurdes Seidenstricker), o Teatro do Elétrico e o Cineteatro Louletano. 
Os alunos participaram ativamente em jogos e exercícios práticos da tradição teatral,motivadores da capacidade de comunicação, desenvolvimento interpessoal e social.
A turma 12ºD/D1, para além do workshop de teatro, teve a oportunidade de ouvir o encenador e os atores falarem sobre os seus percursos académicos e profissionais e, ainda no âmbito da disciplina de Cidadania, poder assistir a uma leitura encenada da peça "Cartas de Damasco", de Ana Lázaro, obra que nasceu a partir da correspondência entre a autora e Leen Rihawi, uma jovem escritora que nasceu e vive na cidade de Damasco, num contexto de conflito, de consequências humanitárias graves, infelizmente uma temática bem atual!
A leitura encenada e o debate que se seguiram, foram da responsabilidade do encenador Ricardo Neves-Neves. A interpretação coube aos atores André Magalhães, Andrew dos Santos e Rita Carolina Silva. Lembro que o Ricardo foi aluno desta escola. A todos o nosso muito obrigado e votos de muito sucesso!
IMG-6104.jpg IMG 6106 IMG 6108
IMG 6109 IMG 6119 IMG 6121
uIMG 6117 uMG 6118 uMG 6122

A turma 11ºC, no âmbito da disciplina de Cidadania e Desenvolvimento, sob o domínio "Sustentabilidade Ambiental" e como forma de comemorar o Dia Mundial da Árvore, esteve, em parceria com a Inframoura, a realizar uma atividade de limpeza de canteiros, caldeiras de árvores e de deservagem na Alameda da Praia da Marina, em Vilamoura.

1   2
3   4
5    6

Notícia também publicada no Facebook da Inframourahttps://www.facebook.com/Inframoura

O nosso agrupamento  está envolvido no projeto europeu de educação ambiental para a sustentabilidade, ciência cidadã e voluntariado ambiental, apoiado pelo GEOTA - Coastwatch (https://coastwatch.pt/). Este projeto consiste na realização de caminhadas nas zonas costeiras, para observação e registo de dados ambientais. O tema anual é “Emergência Oceano” e apela à participação de todos. 
 
No passado mês de fevereiro as turmas do 11ºC e D e do 6ºE e G realizaram as suas caminhadas levando a cabo a monitorização de 6 unidades, num total de 3 km desde Vale de Lobo até ao Hotel D. José. Na organização da atividade contámos com o apoio incondicional da Junta de Freguesia de Quarteira. 
 
A animação e entusiasmo dos alunos foram uma constante e muitas foram as aprendizagens realizadas. Todas as turmas recolheram o lixo que foram encontrando (plástico, vidro, beatas, palhinhas, cordas, máscaras, etc..).
 
Esta iniciativa foi da responsabilidade das professoras Ana Assunção, Lúcia Dias e Patrícia Jesus. Foram acompanhadas pelos colegas: Miguel Neta,Cláudia Melo, Carlos Sá e Manuela Carvalhão.

20220222 104436 Cópiab 20220222 111447b 20220223 110215b
WhatsApp Image 2022 02 24 at 14.40.36 WhatsApp Image 2022 03 05 at 16.33.21 2 WhatsApp Image 2022 03 05 at 16.33.23 1
IMG 20220222 102212b IMG 20220222 102821b
WhatsApp Image 2022 03 05 at 16.33.25 1 WhatsApp Image 2022 03 05 at 16.33.20 1
WhatsApp_Image_2022-03-04_at_21.42.50_1.jpg

No âmbito do Dia Internacional da Matemática, comemorado no passado dia 14 de março, os alunos das turmas: CEF 2 – 1º Ano de Operador/a de Distribuição; CEF – 2º Ano de Empregado/a de Restaurante/Bar e 10º I – Curso de Ensino Profissional de Técnico/a de Operações Turísticas, construíram cubos de várias cores e formatos, na disciplina de Matemática, tendo utilizado a técnica de Origami, como ilustram as fotos em anexo. Os trabalhos foram todos expostos nos blocos de salas de aula da Escola Secundária Drª Laura Ayres.

1ª 10º I   2ª 10º I
2ª CEF Restaurante Bar   3ª CEF Distribuição
1ª CEF Distribuição
1ª CEF Restaurante Bar
3ª CEF Restaurante Bar
3ª Foto exposição Bloco F
4ª Foto exposição .jpeg
Foto exposição Bloco F
Foto exposição

 

SAFSP2022-PT_Logo-1.png                                  

A fundação "The Sovereign Art Foundation Students Prize" atribui prémios para obras de arte criadas por Estudantes.

A comunidade é convidada a votar nas obras dos finalistas. Um desses finalistas é Duarte Figueira, aluno da nossa escola a frequentar o 12º A (Artes Visuais).

Votem AQUI.

No passado dia 8 de março tivemos o privilégio de receber no Agrupamento de Escolas Dr.ª Laura Ayres o CEO da empresa de marketing digital Webfarus e professor de Informática no Agrupamento de Escolas João de Deus (https://webfarus.com/), Luís Horta, que tão generosamente aceitou o nosso convite.

1Durante cerca de 90 minutos, o nosso convidado falou para e com o2s alunos das turmas 10ºH e 12ºH do Curso Profissional de Técnico de Comunicação e Serviço Digital. Nesta sessão de trabalho abordou com os nossos alunos temas importantes relacionados com o marketing digital. Explicou-lhes a diferença entre trabalharem a recibos verdes e contrato; abordou a forma como o google gere a ordem pela qual os sites surgem na lista de resultados de uma pesquisa; falou-lhes da importância, no mundo dos negócios, de construir reputação; e da importância do trabalho de marketing digital para os clientes que o procuram. De seguida, explicou-lhes a forma como o site da sua empresa está estruturado e a importância de alguns dos conteúdos lá presentes.

3A acompanhar o nosso convidado, veio um aluno da Escola Secundária João de Deus, que também é estagiário na Webfarus, Dhruv Gandabhai. Para além de aluno e estagiário, este jovem empreendedor já tem, ele próprio uma bolsa de clientes. Dhruv falou aos nossos alunos sobre a importância que é serem comprometidos para com o trabalho 4que estão a fazer, além de criativos. De seguida mostrou-lhes o seu site, produto da sua Prova de Aptidão Profissional, tendo explicado algumas das secções do mesmo.

Agradecemos muito a presença dos nossos convidados e temos a certeza de que a informação foi absorvida com entusiasmo pelos nossos alunos pois o feedback que obtivemos de ambas as turmas foi de que tinham gostado bastante, tinha sido interessante, importante e pertinente.

Milene Martins

Hoje comemora-se o Dia Internacional da Matemática. O tema para 2022 é "A Matemática Une". 
Os alunos do agrupamento responderam ao desafio fotográfico, entre outras iniciativas.
Cabe agora a todos eleger as melhores fotografias. Vota na tua preferida!
Dia Mat 1 001 Dia Mat 2 001
Dia Mat 3 001 Dia Mat 4 001
Dia Mat 5 001 Dia Mat 6 001

20220310 153626 20220310 154414 20220310 154714 20220310 154807
20220310 155918 20220310 155929 20220310 161029 20220310 161132
20220310 162518 20220310 162553
20220310 165504 20220310 165718

Nas aulas de Cidadania e Desenvolvimento os alunos do 12.ºC manifestaram vontade em fazer voluntariado em diversas áreas. Ao saberem da necessidade de ajuda da Junta de Freguesia de Quarteira na organização dos bens a enviar para a Ucrânia, resolveram “arregaçar as mangas” e, no passado dia 10 de março alguns dos alunos da turma, juntamente com a professora Patrícia Jesus, foram ajudar! As duas horas passaram a voar, tal foi o empenho e espírito de entreajuda demonstrado por todos. Foram muitas as caixas de roupa separada, etiquetada e embalada pronta a seguir para quem mais dela precisa neste momento.

No entanto, houve algo que nos saltou à vista e impressionou pela negativa: a quantidade de bens estragados/rasgados e sujos que foram doados. Por isso mesmo gostaríamos de fazer um apelo: entreguem apenas bens em bom estado!

Esta foi uma experiência marcante para os alunos tal como está patente nos seus testemunhos.

Na organização e separação de bens, principalmente de roupa, para enviar para a Ucrânia, primeiramente fiquei surpreendida com a quantidade de roupa que foi doada porém também um pouco frustrada porque algumas não vieram em boas condições, apesar disso, gostei de participar nesta ação solidária.”                                 

Gabriela Viana

“Eu achei uma experiência incrível por me sentir útil em ajudar as pessoas, gostei bastante de ver que as coisas realmente estão sendo feitas e que as pessoas estão sendo solidárias.”                 

 Jennefer Vilarindo

“Eu achei que foi uma experiência incrível e que acabou por contribuir bastante para o meu desenvolvimento enquanto pessoa. Senti-me bem a ajudar os outros, provavelmente devo repetir.”   

Cátia Tomé

“Eu achei uma experiência incrível, gostei bastante de ajudar na organização e senti-me bem ajudando os outros.”                                                                                               

Catarina Garcia

Eu achei uma experiência diferente pois nunca tinha feito nenhum voluntariado, gostei bastante pois estive a ajudar outras pessoas. Pretendo voltar a fazer quando puder.”  

Rafaela Miranda 

“Gostei bastante da experiência, fiquei positivamente surpreendida pela quantidade de coisas doadas e a sensação de estar a contribuir, principalmente numa altura como aquela em que nos encontramos, é ótima. Gostava de repetir.”                                                                                                                                                   

Catarina Saraiva

“Adorei participar nesta atividade voluntária e fiquei muito feliz em saber que de alguma forma, pude ajudar e contribuir para o bem-estar daqueles que mais precisam, neste momento. Com certeza irei repetir!”                                                                                                                                                                                         

Diana Ferreira

“A ajuda na organização da recolha e separação de roupa, para enviar para a Ucrânia, foi uma experiência fantástica que permitiu promover o espírito de grupo e entreajuda entre todos e mostrar que podemos e devemos ajudar quem mais precisa. De acordo com todas as situações infelizes que têm ocorrido no mundo, as escolas deveriam envolver, de uma maior forma, os alunos na resolução de alguns problemas atuais que a sociedade enfrenta, ajudando-os a tornarem-se cidadãos ágeis e empenhados.”                                                                

Laiza André

Please publish modules in offcanvas position.